Este blog faz mal à saúde. Se conhece alguém com influência ou com um martelo de orelhas, mande fechar este blog. Não se admite tamanho atentado à integridade intelectual dos cidadãos. E à integridade física dos llamas chilenos. Nem que José Carlos Malato faça tanta cura de emagrecimento e apareça todo nú em festas gay mais gordo ainda. E não se admite que não haja quem arranje uma cadeira mais larga para o João Gobern se sentar

Wednesday, January 14, 2009

O carnaval de Torres Vedras é estúpido. E o de Sesimbra também

Calma... respirar fundo, gravar uma quantidade severa de jogos da liga inglesa no Meo e fechar-se em casa a sete chaves. É a estratégia este ano para o carnaval...

Em Torres Vedras, diz-se, faz-se o carnaval mais português de Portugal. Curioso, estava mesmo convencido que o carnaval nem sequer português é. Mas quando vejo montras enfeitadas, de um lado, com corações para o dia dos namorados e, do outro, com fatos de Batman e de Noddy para mascarar as criancinhas, percebo que o problema é grave: o país está cada vez mais cheio de brasileiros e, pior que isso, cada vez mais cheio de portugueses que acham que são brasileiros.

A maior comunidade de portugueses que acham que são brasileiros existente em Portugal reside em Torres Vedras, onde, este ano, o carnaval tem o tema «profissões». Imaginando que o carnaval é uma grande tradição brasileira, as profissões a retratar serão, sem qualquer margem para dúvida: preguiçoso; bêbado; criminoso; aldrabão; jogador de futebol; apresentador de programas de TV com qualidade duvidosa; escroque; e, vá lá, sendo um bocadinho mauzinho (mas sem ofensa, a sério, só a brincar), talvez também empregado de mesa e senhora da limpeza.

O carnaval de Torres Vedras tem, este ano, uma novidade muito importante: uma sede para a associação de ministros e matrafonas. Esta sede não custou um tostão aos ministros e às matrafonas e foi inaugurada ali mesmo no centro histórico, contando com a presença do ilustre presidente da Câmara Municipal, Carlos Miguel, que pediu para esta sede ser «um carnaval todos os dias». Tem piada, este autarca. Reconheço-lhe a boa vontade de querer fazer com que estes ministros, pelo menos estes, não dêem tantas faltas às sextas-feiras, mas é curioso como Carlos Miguel, conhecido pelas autorizações concedidas para a construção civil em áreas de reserva natural e na praia de Santa Cruz, tenha tido a excelente ideia de tirar dinheiro do meu bolso (e do seu, também) para construir uma sede para brincar ao carnaval.

Era interessante perceber se o presidente da Câmara, em tempos vereador, alguma vez pensou utilizar o meu dinheiro (e o seu, também... «seu» de «você», que está a ler isto!!) para brincar a coisas mais sérias. Para arranjar uma alternativa ao fecho da maternidade do centro hospitalar, por exemplo. Ou para avançar de uma vez a estrada que ali faz falta, para Peniche, sem obrigar os munícipes a pagar portagem... se bem que, durante o carnaval, toda a gente em Torres Vedras devia pagar portagem só por existir.

Assim sendo, Torres Vedras tem agora uma sede para um monte de gente inútil organizar os seus carnavais. Atendendo ao frio que se faz sentir actualmente, prevê-se, em 2009, um carnaval ainda pior do que o dos anos anteriores, pelo que se aguarda com ansiedade para perceber se o centro hospitalar será capaz de dar vazão a tantas pneumonias na mesma semana.

O carnaval de Torres Vedras tem cabeçudos e matrafonas. O de Sesimbra tem o maior desfile de palhaços do mundo, o que não espanta, tendo em conta que a lista de palhaços envolve, igualmente, toda a gente que se desloca até lá para ver. O de Cabanas de Viriato, no distrito de Viseu, tem a «dança do cú», o que me parece suficientemente estúpido para me inibir de tecer algum tipo de consideração sobre o assunto.

Será possível que não aparece alguém que diga a esta gente que o carnaval é um costume brasileiro?...

Todo o carnaval tem seu fim... menos o português.
o

91 comments:

Catarina Faria said...

Senhor Edmund! Concordo quando diz que o carnaval não é português. Mas aqui estou eu para dizer que a "dança dos Cús", no distrito de Viseu, é bem português... vê-se com cada um bem típico da nossa terra: com pelinho "na benta".

WildCat

Edmund said...

Seja como for... é estúpido

Anonymous said...

O CARNAVAL NAO É BRASILEIRO....E A UNICA ESTUPIDEZ DOS PORTUGUESES É TENTAREM IMITAR OS BRASILEIROS EM VEZ DE CRIAREM O SEU PROPRIO CARNAVAL...MAS QUE EU SAIBA O CARNAVAL É DE TODOS...

Anonymous said...

É incrível como é que a estupidez humana se dá ao luxo de denegrir o pouco que há de bom nesta região durante 5 dias.
Aliás Carnaval de Torres Vedras é o único que nada tem de Brasileiro.
Enfim, (baixando ao teu nível) se a estupidez desse diploma com toda a certeza já eras doutorado.

Edmund said...

Caro anónimo: sou, de facto, diplomado em estupidez e tenho um MBA em parvoíce. Mas garanto que não é preciso sequer ir à escola para perceber que este carnaval português é uma grande estupidez...

Caro anónimo (o outro): o carnaval é de todos e o natal é quando um homem quiser. Eu, este ano, não quero. E quanto ao carnaval, podes ficar com a minha parte. A sério, fica com ela. E com a pneumonia que vais apanhar, também.

Anonymous said...

Ex. Sr. Edmund, Venho por este meio comunicar-lhe o seguinte:

1- O Carnaval não é BRASILEIRO mas sim EUROPEU e levado para o BRASIL pelos PORTUGUESES em ± 1700 ±.

2 - O Carnaval nasceu na FRANÇA E NA ITÁLIA com os tradicionais BAILES DE MASCARA, como é o caso de VENEZA,

3- O CARNAVAL DE TORRES VEDRAS, e estou a falar daquilo que sei, foi considerado pela critica nacional e internacional no passado ano de 2001, como o "CARNAVAL MAIS PORTUGUÊS DE PORTUGAL",

4- Não me irei prenunciar sobre outros carnavais portugueses, visto que não os conheço e não estudei a sua história.

5- O CARNVAL DE TORRES VEDRAS, desde que foi criado em 1912, visto que vai fazer 100 anos daqui a 3 anos; têm sofrido algumas alterações, mas segundo o regulamento da Comissão Organizadora, ou seja a REAL CONFRARIA DO CARNAVAL DE TORRES VEDRAS , e a entidade promotora a PROMOTORRES e a CMTV (Câmara Municipal de Torres Vedras), não são permitidas Escolas de Samba ou quaisquer actividades similares, visto que desde os seus primórdios as principais características do carnaval são:

1 - AS MATRAFONAS (TRADIÇÃO E ORIGINAL DE TORRES VEDRAS), se não sabe o que é eu paço a explicar resumidamente, são homens que se vestem de mulheres,

2 - O REI e a RAINHA são AMBOS HOMENS (MATRAFONAS), como se trata de um sistema monárquico e da responsabilidade da Confraria supra referida, quando um rei/rainha abdica do seu cargo para o ano seguinte este passa para os filhos, consoante os regulamentos.

3 - Os CARROS ALEGÓRICOS do cortejo são criados e produzidos por empresas torrenses e não de fora do concelhos, estes são mantidos no mais alto sigilo até ao dia do desfile de sábado à noite.

3.1 - Os carros são SEMPRE sátiras da sociedade.


Agradecia que me respondesse à seguinte questão:

1 - O senhor sabe daquilo que fala ?
2 - O senhor já alguma vez esteve no Carnaval de Torres Vedras ?
3- Porque criticar o Carnaval de Torres edição de 2009, visto que esta ainda nem sequer foi realizada ?
4- Têm alguma coisa contra os torrenses ou mais propriamente contra o povo PORTUGUÊS ?
5- Segundo o que me dá a entender o Sr. é brasileiro, tem alguma coisa contra os PORTUGUESES ?


Vou-lhe deixar uma afirmação para refelectir e comentar:

" Carnaval do Rio, foram distribuídos mais de 1 000 000 ( um milhão ) de preservativos para a prevenção das DST (Doenças sexualmente transmissíveis )" " Foram requisitadas forças policiais a todo o país para a grande operação RIO 2008, o ratio de policias é de 1 para 20 pessoas"

in Diário de Noticias 2008

Carnaval de Torres Vedras:

6ª/Sábado e Domingo (Noite + Dia)

São requisitados 50 agentes PSP (Policia de Segurança Publica )

2ª Feira (NOITE)

Por precaução e requisitado um grupo de 12 elementos da policia de intervenção) - SÓ NA 2ª FEIRA DE CARNAVAL .

by Fontes Locais

Sr. Edmund reflita sobre o que lhe escrevi aqui. e Comente aquilo que aqui deixei.

Para concluir, não se esqueça de uma coisa, está a escrever para uma pessoa que têm 2 portefólios com 1500 páginas cada a falar sobre o Carnaval em Geral e um inteiro só sobre o carnaval de Torres Vedras, para a minha tese de mestrado e doutoramento, ambos com 19,3 valores de classificação.

Hà e já me ia esquecendo, a nova sede dos ministros e matrafonas não foi construída por dinheiros públicos mas sim com os da associação amigos de torres, visto que foram estes que cederam o espaço. E mais também é verdade que o Carnaval de Torres Vedras, dá sempre prejuizo na ordem dos 15 a 20 %, mas em contrário o comercio Torrenses lucra na ordem dos 120 a 140 %.

Agora deixo-o reflectir-ser sobre o assunto.


Cordialmente,

Anónonimo Torrense

P.S. - Não tenho nada contra os Povos de Outros Mundos

P.S. 2 - E sou um torrenses que nem sequer gosta muito de brincar ao carnaval .

Anonymous said...

O Senhor é um palhaço, e uma má lingua .


É nestes casos que se deve encerrar um blog por falta de qualidade.!!!!

Anonymous said...

Xenófobo!!!

Mas gostas de futebol ingles...

Edmund said...
This comment has been removed by the author.
Edmund said...

ò Sr. anónimo I, como é que um rei e uma rainha que são pan... perdão, homens, têm filhos? compram a um chinês?

Edmund said...

Anónimo I: o carnaval não nasceu, foi inventado. Tanta pesquisa que fez, tanto tempo perdido, podia, na verdade, ter feito qualquer coisa de útil. Por exemplo, fazer um estudo sobre os motivos que levam os portugueses a queixar-se de tudo e de nada e a nunca fazerem nada para... deixarem de se queixar. Era giro. Quanto aos «portefólios», pode mandar emoldurar. Ou atear a lareira, quem sabe. :)

Anónimo II: concordo consigo. Era importante mandar fechar este blog. Mas permita que lhe diga que o objectivo deste blog nunca foi ter qualquer qualidade. Bem pelo contrário.

Anónimo III: também gosto de futebol francês. E de espanhol. E de futebol iraniano. E das ilhas Fiji, aquilo é que são uns jogaços! E também gosto de pelota basca. Há xenofobia na pelota basca ou todos os espanhois podem entrar? Também gosto de orelha de porco, batatas com bacalhau, mandioca com camarão e ostras cortadas com limão e vinagrete. Mas isso não vem ao caso.

A todos os anónimos: podiam ser um bocadinho mais originais. Nem sequer bloqueio os comentários, podiam, pelo menos, usar um nome bonito. Tipo Cláudio Ramos, Belle Dominique, Mara Rute...

Anonymous said...

Sr. Edmund,

Saiba que pelas leis nacionais vigentes em território da Républica de Portugal e tambem vigente nos Estado Unidos da América (Local de Sede dos Servidores da Google/Blogger)

Todo o que o sr. está a fazer pode ser ifentificado com actos xenofobos, ameaça à integridade fisica e psicologica.

Mais uma coisa, quanto aos portefolios, o Sr. devia ter vergonha visto que deram trabalho a fazer não nasceram no quintal, foram feitos com muito esforço e trabalho.

Espero que este blog seja fechado o mais rápido possivel, visto à sua falta de qualidade.

Ass.

Anóniomo T


P.S. - Não fale daquilo que não sabe fica-lhe mal.

Edmund said...

Caro sr. «anóniomo T» (tal-e-qual escreveu): espero que lhe tenham dado nota alta pelo teor altamente interessante da tese e não pelo domínio da língua portuguesa;

a maior probabilidade de encontrar um acto xenófobo neste espaço será um atentado contra a raça... humana. Por isso, espero que me mandem prender rapidamente;

concordo consigo quando diz que deviam mandar fechar este blog. Não se admite tanto ataque à integridade física aos visitantes, sobretudo as intensas doses de azia e obstipação. Não leia, a sério. Olhe que isto faz-lhe mal à saúde;

Não tenho vergonha nenhuma dos portefólios, porque não fui eu que os fiz. Mas reitero o que disse: o tempo que perdeu a fazê-lo, podia perfeitamente ter gasto, por exemplo, a defender uma tese sobre a corrupção e os dinheiros públicos no concelho de Torres Vedras. Ou a plantar batatas. Ou a ler Eugénio de Andrade, era tempo bem empregue;

As camisolas de manga-cava e os baby-dolls também não me ficam bem, mas não é por isso que deixo de usar;

Volte sempre.
Gosto de o ter por cá :))

Anonymous said...

"Seja como for... é estúpido?"
Não sabe do que fala!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Edmund said...

Caro anónimo (que raio de falta de originalidade... podiam inventar um nome qualquer): acredite em mim - se eu digo que é estúpido, é porque é mesmo estúpido. Olhe que eu sou letrado em estupidez, mesmo nunca tendo defendido uma tese sobre o carnaval de Torres Vedras

Anonymous said...

Não te digo para leres livros e referências históricas que podias encontrar aqui:

http://www.cm-tvedras.pt/camara-municipal/publicacoes/

até porque sendo tu alguem sem conhecimento causa, e que tiras conclusões prepicitadas baseadas no teu senso que obviamente é pouco, atrevo-me a dizer-te somente que leias isto(uma especie de resumo histórico):

http://torresvedras.org/?p=9

pois...

se calhar o que disseste não faz sentido, ora se em 1574 já era costume brincadeiras de carnaval é bem possível que o carnaval de torres vedras seja anterior à propria exitência dos brasileiros... que coisa estranha, então como é que copiamos deles?

Assumo que continues com a tua ideia.

2)"A partir de 1980, o Carnaval de Torres profissionaliza-se e cresce ano após ano, rejeitando figurinos externos"

É parece que também estavas engando esta...

3)"O Carnaval de Torres, assumiu desde logo o carácter espontâneo da sua participação, na tradição das manifestações de Entrudo em Portugal, cortando a separação entre actores e espectadores."

Não á vedações nem lugares sentados, quem vai ao carnaval participa. Tal como disseste igual ao brasileiro com sambodromo e tudo a diferença é que todos estão no sambodromo e não há bancadas.

Honestamente não acredito que mudes de ideia, até porque se mudares vais dizer outra baboseira qualquer, tipo que "O carnaval de torres vedras é cópia do de Peniche" (que surgiu há 3 anos com carros alegoricos)
Não importa o que dizes ou porque dizes queres é que reparem em ti. Eu não fiz este post para ti mas para todas as pessoas que não conhecem o Carnaval de Torres e podem ficar com uma ideia errada.

E mais...

Óh edmundo se te fosses esfaquiar?

João António

Edmund said...

Caro João António,

eu não tenho pretensões a estar certo ou errado. Na verdade, eu nem pretensões tenho, porque nem sei o que isso quer dizer.

eu não sei quando foi inventado o carnaval, nem por quem. Mas de uma coisa sei: é parvo. O carnaval de Torres Vedras deve ser o momento mais parvo do calendário lunar. E o peso histórico que deve ter na História da Humanidade deve ser exactamente o mesmo do dia da vitória da Noruega no Festival Eurovisão da Canção.

mas de uma coisa eu sei e tenho a certeza: «esfaquiar» não é uma palavra do léxico português.

Anonymous said...

Caro Edmundo! Também nunca achei muita piada a Carnaval. Até que há uns 5 anos, quando tinha para aí 17 anos, eu e um grupo de amigos combinámos ir ao carnaval de Torres Vedras. Gostei, e a partir daí nunca mais deixei de ir. Respeito o facto de não gostar do carnaval, contudo acho que não é motivo para desrespeitar as pessoas que comentam a favor do carnaval. Já alguma vez esteve no carnaval de Torres Vedras? Talvez devesse ir. Não digo que passasse a gostar, mas pelo menos podia criticá-lo melhor.

Ana

Edmund said...

Cara Ana,

obrigado pelo seu comentário, extremamente oportuno e educado. De resto, tenho que reconhecer o elevado sentido de oportunidade dos comentários que têm sido publicados aqui (e como já perceberam, eu não filtro comentários) e deixo o meu agradecimento a todos os que encontraram neste blog motivos suficientemente desinteressantes para serem comentados.

O objectivo deste espaço é brincar com coisas sérias. O carnaval é uma brincadeira parva, assim como o objectivo deste blog: ser parvo. Ser quase tão parvo como o carnaval em si.

Eu não me levo muito a sério, por isso, acho bem que mandem fechar este blog por atentados à inteligência alheia.

Anonymous said...

Só uma pergunta, caso o permita:

O Senhor está inetrnado no Hospital Psiquiatrico Julio de Matos, na ala dos doentes mentais?


com os melhores cumprimentos,

António


P.S. - Não quero ferir a integridade psicologica de pessocas internadas no hospital ou nalguma destas alas, é de salientar que tenho o enorme respeito por estes doentes, visto que trabalho em investigação nesta área.

Edmund said...

Caro António,

estou, de facto, internado no Hospital Júlio de Matos, mas estou na ala de doentes com Alzheimer. No ano passado houve aqui uma festa muito grande em homenagem ao carnaval, mas infelizmente não me consigo lembrar de nada.

Já o estou a reconhecer, tenho-o visto por cá. Presumo que seja aquele senhor bem parecido vestido de freira que apareceu aqui há dias agarrado a um dos médicos. Infelizmente não me consigo lembrar de mais nada, por causa do Alzheimer.

Agradeço o respeito que tem por mim, porque eu também sou uma «pessoca» que merece todo o respeito. Infelizmente não me lembro de quem o senhor é ao certo e muito menos por que razão mereço algum respeito. Aliás, infelizmente nem sequer me lembro do que escrevi no parágrafo anterior. Aliás, para ser franco nem sequer me lembro de...

...hum

que horas são?... mas o que é que eu estou aqui a fazer?... quem são estes parvos todos mascarados em Torres Vedras?... é palhaços?... é o circo?...

Anonymous said...

Sr Edmnund, lá porque não gosta de Carnaval não tem de dizer mal dos que existem por todo o país! Respeito o facto de não gostar, mas poderia ser mais educado naquilo que diz acerca do assunto.

Já que falou na crise.. Já parou para pensar que são momentos como o Carnaval que levantam o ânimo às pessoas e que permitem que estas possam encarar a vida de uma forma mais positiva?
O país não está bem economicamente, é verdade.
As pessoas têm de tomar uma atitude, procurar uma solução, etc, uma outra grande verdade.
Se reparar na maioria das pessoas enquanto caminha por uma cidade, irá ver rostos de apreensão, receio, tristeza,preocupação, apatia. Com estes sentimentos, mesmo que exista uma solução para o problema, a resolução irá tardar muito mais. Porém, se as pessoas tiverem algo com que se distrair, para quebrar a rotina e recuperar "forças", neste caso energia positiva, alegria, elas conseguirão trabalhar de uma forma mais agradável, esforçar-se mais. Em suma, encarar a vida de uma forma mais positiva.
O Carnaval é um exemplo dessa quebra de rotina. As ruas ganham cor, enchem-se de pessoas de todas as idades, espalham-se serpentinas e confettis, a alegria e boa disposição circula no ar.

Eu, como Torriense que sou, não poderia deixar de defender um evento que faz parte da nossa cultura local. Aprecio bastante o Carnaval e posso afirmar que sou uma das muitas pessoas que fazem o Carnaval, pois em Torres Vedras todas as pessoas são elementos deste evento. Não existem escolas de samba, nem famosos. Existem pessoas. Não há espaço para estatutos sociais, todos são iguais e todos compõem o Carnaval de Torres Vedras!

Espero que possa reflectir e ponderar as suas opiniões antes de as escrever.

Cordialmente,
Vanessa Gomes

Edmund said...

Cara Vanessa Gomes,

Sabe qual é o problema? É que na quarta-feira a seguir ao carnaval de Torres Vedras toda a gente vai voltar às mesmas caras de apreensão, tristeza, apatia e preocupação. Para quê «disfarçar» durante uns dias? Dá forças para quê, para voltar a mergulhar na crise nos dias subsequentes? Os que não têm dinheiro para comprar feijão e arroz vão continuar a não ter dinheiro e, com jeitinho, até terão menos, por causa dos excessos que cometeram no carnaval.

Que me diz se, por uma vez, por um ano, fosse possível trocar o carnaval de Torres Vedras por cinco dias de trabalho comunitário? Dava-se um jeito nos jardins, limpavam-se as matas para não pegarem fogo durante o Verão, pintavam-se as paredes da escola primária e tapavam-se umas goteiras nos telhados da paróquia.

Acha que a forma de virar a crise é... voltar-lhe as costas durante uns dias? Sorrir como se estivesse tudo bem? Três finos e duas gerupigas resolvem tudo?

Não é assim que se resolve a crise. Eu também não sei como é que se resolve a crise, porque, se soubesse, era primeiro-ministro (mas mais bonito e com umas gravatas de melhor gosto, devo dizer...). Mas sei que não é sacudindo a água do capote que se resolve.

Cara Vanessa Gomes, em suma, tudo o que lhe posso dizer é: vá para a rua e divirta-se com o carnaval! Não faça caso destes disparates que eu escrevo. A menina é demasiado simpática e educada para estar a perder o seu tempo a ler este lixo. Divirta-se por si e por mim.

E não se esqueça que eu só digo estas coisas porque sou pago pela organização do carnaval de Ovar para dizer mal do carnaval de Torres Vedras.

:)

(e pelamordedeus, alguém mande fechar este blog de uma vez por todas!)

Anonymous said...

Sabe uma coisa Sr.Edmund?? É a pessoa mais parva que já conheci e este é o blogue mais estúpido que se encontra online! Sabe que devemos sempre guardar a estupidez para nós??...critique aquilo que conhece e não o que desconhece... ass. torreense contente com o Carnaval que infelizmente já terminou

Anonymous said...

Sr. Edmund,

Nao percebo qual é o problema de as pessoas se divertirem por momentos. mesmo que na 4ta feira voltem a vida nornal c as mesmas caras tristes e apáticas, pelo menos durante 3 dias divertiram-se e foram felizes!!!

A vida é para ser aproveitada e para viver aquilo que nos faz feliz quando podemos!

Nao gosta do Carnaval, é a sua opinião! Mas não precisa criticar tao rudemente 1 coisa que muita gente gosta e que nao gosta de ler comentários como os seus.

Olhe... seja feliz!!!!

Rubia

Edmund said...

Caro «torreense contente com o carnaval que infelizmente já terminou»:

- se eu sou isso tudo e este blog é isso tudo, é sinal que está a correr bem :)) aspiro, muito sinceramente, a tornar este blog o mais parvo à face da terra. Estou com dificuldades em superar o blog do Bruno Nogueira, mas também é verdade que o desafio é muito exigente e o http://corpodormente.blogspot.com é um adversário dificilimo. Mas pode estar descansado que irei continuar a criticar tudo e mais alguma coisa, em especial aquilo que não conheço, porque tem mais piada. Pode guardar a minha estupidez para si, também, porque eu já tenho de sobra. E além disso, agradeço o facto de eu ser a pessoa mais parva que já conheceu, sobretudo tendo em conta que nunca me conheceu... :))

Edmund said...

Cara Rubia:

- o problema é: exactamente nenhum! Quem sou eu para lhe dizer como deve divertir-se? Aproveite tudo o que a diverte e aproveite também para fazer caras tristes e apáticas se for isso que lhe apetece. Pode ter a certeza que eu vou aproveitar para fazer o mesmo, continuando a criticar rudemente tudo o que me apetecer, porque isso faz-me feliz. :)

Não é o que me deseja? Ou só estou aurotrizado a criticar rudemente tudo o que me apetece durante 3 dias?

A sério, eu não sou rude. Sou apenas parvo. Não faça caso.

Susana - Torres Vedras said...

Mas pra ke k dao conversa a este gajo!? Assim tao msm a dar uso a este blog!

Ja percebemos k este senhor tem problemas... deixemo lo estar...

Se n quer brincar ao carnaval n brinque! Fique em casa! Kual é o seu problema afinal?

Fico a espera k vá ao Carnaval de Torres Vedras em 2010 pra mudar a sua opinião...Até pk n deve criticar algo k n conhece....

Edmund said...

Cara «Susana - Torres Vedras»

- o meu problema não é um, são vários. Joanetes, por exemplo. No Verão é terrível, incham e deformam-me os sapatos; também tenho graves problemas de concentração, porque já me tentaram explicar várias vezes onde fica Torres Vedras e eu nunca memorizo... se calhar falta-me zinco; problemas de compreensão ao nível da sintaxe... sobretudo quando alguém usa deliberadamente caracteres «de internet» para disfarçar a escrita; problemas em perceber a razão de um carnaval tão ridículo como o de Torres Vedras, também... talvez seja alguma coisa do foro cognitivo, porque eu nunca fui à escola e fui criado por lemures numa ilha quase deserta; problemas com abelhas, também... por algum motivo, picam-me sempre a mim; problemas com pessoas que cheiram mal... normalmente é um problema porque, digamos, cheiram mal e eu não gosto; problemas com as autoridades, também tenho... andam atrás de mim para fechar o blog, mas eu consigo sempre fugir; a isto juntam-se problemas com o álcool, sobretudo em cima de feridas recém-abertas, problemas com seringas, simplesmente porque as detesto, e problemas de motor, porque o Simca que comprei em 1977 está completamente podre.

Tirando isso não tenho problema quase nenhum. E sou capaz de ir ao Carnaval de Torres Vedras em 2010, sem problema nenhum. Só preciso aprender onde fica Torres Vedras, porque todos os anos prometo que vou e acabo sempre em Bratislava, Viena ou num sítio assim bonito...

:)

Edmund said...

E sim, devo criticar aquilo que conheço e aquilo que não conheço. É um direito que me assiste enquanto cidadão da Melanésia. E acima de tudo, porque me apetece.

Sara said...

ai o senhor deve ter tido um trauma qualquer muito grande com o carnaval não??!

pois olhe nesses dias feche-se em casa e não saia á rua... é um optima solução! ou entao pegue num foguetão e vá até á lua... aproveite e fique por lá sim?!!?

eu tambem acho q a loucura do euro e do mundial sao uma parvoice no entanto, portugal n sobrevive sem o futebol... é por isso que andamos por aí a dizer mal de tudo?!?!

olhe o senhor devia era interessar-se por alguma coisa util!

e para n estar com coisas, ate lhe dou o meu nome: Sara Santos.

Edmund said...

Olá, Sara Santos.

Tem toda e absoluta razão: devia, de facto, interessar-me por qualquer coisa de útil, de tal modo que tenho andado a consultar colecções de filatelia e a tirar um curso de poda de bonsai para aprender qualquer coisa que, realmente, tenha alguma utilidade. Frequentei aulas de Origami, mas desisti porque acabava sempre por rasgar o papel.

E também tem toda a razão quando me diz que a loucura do futebol é tão tontinha como a do carnaval. De acordo. Por isso, dispenso uma e outra.

O que não quer dizer que eu estou certo e que os outros estão errados. Quer dizer, tão simplesmente, que é parvo.

Admiro-a e agradeço o seu comentário. Não há muita gente assim tão frontal. Nem muita gente assim parva como eu. :))

JH said...

Senhor NÂO, nem tenho coragem de o tratar por senhor, talvez (Ba…), venha a TORRES VEDRAS, apreciar o carnaval e diga-me quantas matrafonas são brasileiras, nos só temos portugueses, o seu texto é so barberidades…incrivel em pleno seculo 21…

desejo muita sorte, vocé deve der uma pessoa muito TRISTE.,

VIVA O CARNAVAL DE TORRES, O MAIS PORTUGUÊS DE PORTUGAL

Edmund said...

VIVA!!
Viva o Carnaval de Torres Vedras, o carnaval mais português de... hum... Torres Vedras!

Caro amigo JH, há qualquer coisa no fenómeno «homens-vestidos-de-mulher» que me compele, muito intensamente, a nem sequer me aproximar. Não me leve a mal, não tem nada a ver consigo, até porque esse baton lhe fica tãooooo bem... é mesmo porque tenho uma certa dificuldade em entender qual é a piada que há em ver um homem vestido de mulher. Já perguntei ao Herman José e a resposta não foi conclusiva...

Na verdade, sou uma pessoa extremamente triste com as «barberidades» que se fazem durante o carnaval. Mais triste ainda quando percebo que, afinal, essas «barberidades» são cometidas todo o ano.

Não se zangue, a sério. Tenho a certeza que o amigo JH, para o ano, se vai divertir tanto ou mais no seu carnaval como se divertiu este ano. E assim é que deve ser.

Anonymous said...

Sr.Edmund

Tenho vindo a ler esta discussão toda e realmente tenho a minha conclusão: DEFINITIVAMENTE o sr. Edmund não sabe mesmo o que é REALMENTE O CARNAVAL DE TORRES VEDRAS. Se lê as noticias, já devia se ter aprecebido que Torres Vedras este ano foi a localidade mais visitada neste carnaval... se mais de 300.000 bilhetes vendidos não lhe chega para (desculpe a expressão) "calar a boca", então não sei o que pensa realmente da vida e do que é realmente o carnaval.

Fica aqui um conselho de amigo desconhecido, mas amigo de toda a gente... Pró ano, ganhe coragem e visite Torres Vedras na sua grande epoca de CARNAVAL e verá que vale bem apena! Agora também lhe digo uma coisa, se não gosta de Carnaval e do espirito em sí, não PONHA là os pezinhos porque, pela sua maneira de pensar, não se quer lá ninguém desse seu tipo!!

E ESPERO QUE ESTE BLOGUE SEJA O MAIS RAPIDAMENTE CANCELADO poruqe é uma vergonha ver uma pessoa "tentar" denegrir a EXELENTE diversão do CARNAVAL DE TORRES VEDRAS!!!!



VIVA A TORRES VEDRAS..... CARNAVALLLLLLLLLL..... e que venha o de 2010!! Lá estarei novamente como estive este ano!!!

Cuide-se de si Sr. Edmund

Edmund said...

Caro amigo Anónimo,

- penso que pode estar descansado, porque mesmo que eu tivesse pés (perdi os dois durante a guerra, agora tenho duas placas de titânio...) penso que é seguro dizer que não os poria em Torres Vedras, muito menos no carnaval.

300 mil pessoas a pagar para ir ao carnaval de Torres Vedras não cala a boca a ningué, lamento dizê-lo. 300 mil pessoas leva, normalmente, o encontro anual da igreja maná. Chega para lhe calar a boca a si? Não me parece.

Pois bem, meu caro amigo de toda a gente: faço votos que se divirta, no carnaval de Torres Vedras em 2010, mais do que em todos os anteriores juntos. É para isso que ele serve. E, ao contrário do que possa pensar, ninguém aqui quer denegrir o que quer que seja, porque o carnaval de Torres Vedras já faz isso sozinho.

E sim, eu também acho que alguém devia mandar fechar este blog rapidamente. Não se admite tanta parvoíce junta e tão mau português nos anónimos que aqui vêm comentar.

E pode estar descansado que eu «cuido-me bem de mim» :)

Edmund said...

Realmente... :))

Anonymous said...

Caro Edmund; tive a pachorra de ler todos os comentários e as suas respostas, e a sério acredite que, diverti-me mais que ter ido a qualquer Carnaval. Geralmente quando não se entende a objectividade, somos apelidados de tudo... Enfim, é Carnaval.

Edmund said...

Lá está: não se deve levar a mal :))

Anonymous said...

O carnaval de torres vedras, não têm nada de brasileiro ??? E a música que passa em todo o lado, desde o corso até à tasca do Manel = 100% brasileira !!!!..e admitemos é a essência e o motor da Festa...logo, é tudo conversa da treta! Aliás diz Vasco Pulido VAlente do Público: "o lúgrube carnaval de torres vedras" é isso mesmo...uma bebedeira colossal 4 dias...como se fosse preciso carnaval para alguém se embebedar mijar e vomitar nas ruas ?!?

Edmund said...

Caro anónimo (o último a comentar):

- também não era preciso ser assim tão radical... há bebedeiras que duram cinco dias :))

(ena! finalmente alguém que chama os bois pelos nomes! obrigado!)

Anonymous said...

Caro Edmund; voltei para ler outros comentários que não estes, e não sabia dos "traumas" de infância que o apoquentam... ou é um caso "grave", ou é para rir. Se não é uma coisa nem outra, é caso para meditar-mos, para melhor compreensão, aqui ficam duas quadras do Aleixo: -Os críticos que nós vemos -Do que é bom dizendo o pior, -Fariam muito melhor -Dizendo: «não compreendemos». \\\É menos parvo, a meu ver, -O que o é, sem que se veja, -Do que aquele que, sem ser, -Se faz parvo, sem que o seja. Cumprimentos.

Edmund said...

Caramba... tu queres ver que o António Aleixo me conheceu e eu não dei por nada????

(não duvide, a sério. eu sou parvo. menos do que gostaria, é certo. mas um dia eu chego lá)

Anonymous said...

Caro Edmund; Não esperava outra resposta de um "parvo" que espera chegar ao topo da "parvoíce". Desejo-lhe as melhores felicidades na sua luta a bem da comunidade. Fico por aqui, só entrei no seu blog por procurar referências sobre o Carnaval. Saúde da boa e até 2010.

Marley said...

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, claro .
as pessoas qe nao se sabem divertir só dizem MERDA ! o carnaval de torres é o melhor de todos, qem aproveita a vida sabe disso :) pah enfia a cabeça na sanita, puxa o autoclismo e nao digas mais bosta !

Edmund said...

Caro anónimo 1:

- obrigado pela visita, mesmo totalmente por engano (é frequente, deixe estar... toda a gente vem aqui por equívoco). Se lhe apetecer volte, há muito para dizer sobre o carnaval e sobre a influência do Almeida Garrett na cultura portuguesa.

Edmund said...

Caro anónimo 2:

- lamento desapontá-lo, mas a minha cabeça não cabe onde sugere, por causa dos implantes biónicos que suportam as minhas funções vitais, como respirar, sorver palhinhas, admirar os maus quadros da Paula Rêgo (que são... hum... deixa cá ver... todos) e destilar ódios de estimação. Alguma sugestão de outro orifício?

E sim, tem toda a razão: quem aproveita a vida sabe que as pessoas que não se sabem divertir só dizem merda. Que o chapéu lhe sirva. :))

Edmund said...

ops... não era anónimo, era Marley... :))

luis marques said...

isto que acabei de ler e uma tristeza voce fala de homens vestidos de mulheres mas nem sabe a razao disso.
Eu pertenco aos ministros e matrafonas vivo na Holand e vou de preposito a PORTUGAL nessa altura para poder ir ao carnaval de Torres Vedras.E uma pena que haja pessoas como voce ,voce nao deve ser Portugues se e entao e uma grande merda de pessoa .
se quiser saber como nasceu os ministros e matrafonas diga porque eu posso lhe disser com muinto orgulho.
Luis Marques

Anonymous said...

vivo em torres vedras, e o carnaval é muito português e nós nao tentamos de maneira alguma imitar os brasileiros.
quem vive cá percebe que isto é uma coisa unica e nao é nada da estupidez que dizes ai...

Edmund said...

Caro Luis Marques,

Imagino que existam algumas razões para homens se fazerem passar por mulheres, mas confesso que nenhuma delas me agrada por aí além.

Sim, tenho curiosidade em saber como nascem ministros e matrafonas. Se souber como é que dois homens dão à luz outros homens, olhe que tem andado a perder-se nos coffee shops da Holanda... e se descobrir como é que os ministros de Portugal conseguem os seus diplomas universitários, conheço uns rapazes no Ministério Público que gostariam de lhe dar uma palavrinha...

Tenho pena que vá da Holland a Portugal de «prepósito» para ir a Torres Vedras, ainda por cima ao carnaval. Tanto sítio bonito para ver, tanta coisa boa para fazer, tanto beco escuro onde ser assaltado, tanto restaurante onde ser mal servido, tanto taxista disposto a enganá-lo, e vai logo meter-se num sítio desses.

Tem razão, eu não sou português. Eu sou da Papua Nova Guiné. Tiraram-me a nacionalidade portuguesa quando eu estava em missão em Timor Leste e interrompi as festividades carnavalescas no aquartelamento ao dizer que o Sargento ficava liiiindooooo vestido de mulher.

Orgulhe-se à vontade. Assim é que é bonito. E se conhecer alguém com algum conhecimento de leis sobre internet, por favor, mande fechar este blog.

Atentamente,
Comandante Che Guevara

Edmund said...

Caro Anónimo (bolas, outro?),

quem não vive aí percebe que isso é uma coisa única e uma estupidez muito grande. a sério, não acredite em tudo o que lhe dizem. olhe que há quem diga que o primeiro-ministro é engenheiro e que a miúda inglesa foi raptada no Algarve...

Anonymous said...

Sr. Edmund

Por acaso sabe a riquesa que gera o carnaval de torres para a região oeste? Além do lucro do carnaval, que serve para melhor a cidade, o carnaval também cria postos de trabalho e colocada empresas a funcionar. Em vez de estar a pensar que estão a deitar dinheiro fora porque não pensa de uma forma racional e diz que o carnaval é um investimento com retorno (e muito).
Para mim quem não sabe não anda aí a opinar, mas enfim é só a minha opinião.
Carnaval de Torres FOREVER

Anonymous said...

Sou de Torres Vedras e posso dizer que o senhor edmund parece ser um pco xenófobo, pois parece que tem alergia a brasileiros... mas tem piada pois esse seu nome ou nick é brasileiro... Falando de coisas sérias, vesse claramente que nunca foi ao carnval de torres vedras, eu vou tds os anos, tds os dias, e nunca apanhei sequer uma constipaçao, vou uns dias a matrafona (nao sei se voçe ao vestir se de mulher teme pla sua masculinidade) outros nem por isso. O carnaval serve para as pessoas se divertirem, tentarem aliviar o stress, beber umas e brincar com tudo e com todos. Ninguem o obriga a ir ao carnval, deixe os outros divertirem se, ou la por nao gostar os outros nao podem ir? Se o carnaval de torres vedras e estupido entao temos de encontrar um novo adjectivo para si, pois se acha que o carnaval é de baixo nivel olhe que voçe e muito mais abaixo... com os melhores cumprimentos _I_

Cátia said...

Senhor Edmund você só pode mesmo ser letrado em ESTUPIDEZ!!! Para dizer que o Carnval de Torres é estúpido sem nunca ter presenteado. E digo-lhe mais várias pessoas do país vêm a Torres Vedras para poderem divertir-se e participar neste fantástico Carnaval que não tem nada de brasileiro. Pode não ter sido criado pelos portugueses mas certamente foi transformado à Moda Portuguesa! E pode ter a certeza de que os Torreenses não o querem de outra forma. O Carnaval de Torres Vedras está integrado na Cultura e História de Portugal. É um momento de festividade e união que todos (sem excepção) independentemente de ser brasileiro ou português ou de qualquer outro país pode participar. É muita festa, muita música, dança, bebida e comida! Crianças, jovens e idosos participam nem que seja das janelas das suas casas! Para mim é um grande orgulho como torreense poder participar e ver os esforços que são feitos todos os anos para proporcionar bons momentos à sociedade. Sabe porque é que se diz que o Carnaval de Torres Vedras é o mais Português de Portugal. Eu digo-lhe! Apesar da comunidade brasileira ser enorme no nosso concelho não queremos perder a nossa essência (cultura portuguesa) e por isso as escolas de samba não participam no nosso carnaval. Não quer isso dizer que os brasileiros não podem partcipar (eles participam mas de outras formas como por exemplo música e dança que não seja de grande importância no Brasil como é o caso do Samba ou do Funk). É bom o diálogo intercultural mas também é importante mantermos algo nosso como forma de afirmação da nossa cultura.

Esclarecido Sr. edmund??

Anonymous said...

QUE ESTUPIDEZ...

Anonymous said...

Realmente há pessoas k deviam ser mudas para n dizerem tanta estupidez junta.
És mto cromo, ó anormal.

Edmund said...

Caro 4º anónimo a contar do fim:

- não tenho ideia da «riquesa» que o carnaval de Torres Vedras gera. Mas sei, tenho a certeza, que é um investimento estúpido. Investissem numa educação decente e o caro 4º anónimo a contar do fim teria sido capaz de deixar um comentário escrito em português.

Edmund said...

Caro 3º anónimo a contar do fim (que curiosamente tem um domínio de Língua Portuguesa quase tão mau como o 4º anónimo a contar do fim; parecem gémeos).

- Tem toda a razão. Sou altamente xenófobo, especialmente contra brasileiros, chilenos, malaios, turquemenes, ulíssipes, gregos e torreenses.

- Também tem toda a razão. «Edmund» é um nome tipicamente brasileiro. Daquela parte do Brasil que fica ali nos arredores de Nova Iorque.

- Espero que continue a ir todos os anos ao carnaval de Torres Vedras e a divertir-se muito. É para isso que ele serve. Também espero que se constipe.

Edmund said...

Cara Cátia.

- Estou esclarecidíssimo. Os brasileiros podem participar no carnaval, mas... hum... huh... não podem participar no carnaval. Faz todo o sentido. Então põem música brasileira e todos ficam contentes.

- Tem toda a razão. Eu devia ter vergonha na cara, se tivesse cara. (tenho um LCD de 33 polegadas que reproduz um espectro facial, só para parecer que eu tenho identidade). Então mas admite-se andar há tantos anos a dizer mal do carnaval de Torres Vedras sem nunca o ter... PRESENTEADO??? Vou resolver isso e é já. Vou enviar um presente a todos os que vão ao carnaval de Torres Vedras em 2010: um embrulho com flocos de neve feitos a partir de Antrax.

Edmund said...

Caro 1º anónimo a contar do fim:

- obrigado pelas suas palavras. Sábias palavras. Reconfortantes, mesmo. Reflecti imenso sobre elas, dias a fio, e cheguei à conclusão que, mesmo que eu fosse mudo, poderia continuar a escrever a quantidade de porcaria que escrevo. Por isso, o meu sincero obrigado pelo esclarecimento.

Edmund said...

Estou comovido. Este post tem mais de 60 comentários e eu ainda não fui preso, assassinado ou premiado com o Pullitzer para o pior blog da História.

E não há quem mande fechar isto?

Anonymous said...

é o post mais estúpido que li nos últimos tempos!

Revela um retrógado tremendo!

Edmund said...

Revela sim. Mas depende do laboratório. Naquelas lojas de fotografia que revelam um rolo em 30 minutos sai sempre tudo um bocado retrógrado. Eu vou sempre a um laboratório profissional, lá eles revelam impecavelmente. Saem matrafonas nuas.

Anonymous said...

Carnaval de Torres nao tem nada de Brazileiro oh meu knob !!!
Tanto estudao na vida ,pha depoix darem em tristes ..na teem mai nada ke fazer se nao analizar factos ke na teem interesse na vida ...
contribua com algo util pho mundo em vez de perder tempo com conversas de me*da..
Festa e' festa !!

Get a hobby or watch some tv
Mr Edmund
Stupid

ass
The King Of The Castle

Edmund said...

Dear King of the Castle,

É curioso como escreve em inglês sem erros e quanto ao português, miséria, só sai asneira.

Certamente reflexo de passar demasiado tempo no carnaval de Torres Vedras, onde o português que se fala é, digamos, brasileiro.

Uma pergunta: como vai fazer agora que a organização do carnaval teve um barracão que levantou voo e se partiu todo? Heheheheb há quem diga que cada um tem o que merece.

[P.S. - «knob» é uma maçaneta. Nunca me tinham chamado maçaneta na vida. I'm flattered]

Daniel said...

ES MESMO MUITA ESTUPIDO!!!
IA ESCREVER CENAS MAS ENCONTREI ISTO AQUI E PODES JA NAO TE LEMBRAR.....

1- O Carnaval não é BRASILEIRO mas sim EUROPEU e levado para o BRASIL pelos PORTUGUESES em ± 1700 ±.

2 - O Carnaval nasceu na FRANÇA E NA ITÁLIA com os tradicionais BAILES DE MASCARA, como é o caso de VENEZA,

3- O CARNAVAL DE TORRES VEDRAS, e estou a falar daquilo que sei, foi considerado pela critica nacional e internacional no passado ano de 2001, como o "CARNAVAL MAIS PORTUGUÊS DE PORTUGAL",

4- Não me irei prenunciar sobre outros carnavais portugueses, visto que não os conheço e não estudei a sua história.

5- O CARNVAL DE TORRES VEDRAS, desde que foi criado em 1912, visto que vai fazer 100 anos daqui a 3 anos; têm sofrido algumas alterações, mas segundo o regulamento da Comissão Organizadora, ou seja a REAL CONFRARIA DO CARNAVAL DE TORRES VEDRAS , e a entidade promotora a PROMOTORRES e a CMTV (Câmara Municipal de Torres Vedras), não são permitidas Escolas de Samba ou quaisquer actividades similares, visto que desde os seus primórdios as principais características do carnaval são:

1 - AS MATRAFONAS (TRADIÇÃO E ORIGINAL DE TORRES VEDRAS), se não sabe o que é eu paço a explicar resumidamente, são homens que se vestem de mulheres,

2 - O REI e a RAINHA são AMBOS HOMENS (MATRAFONAS), como se trata de um sistema monárquico e da responsabilidade da Confraria supra referida, quando um rei/rainha abdica do seu cargo para o ano seguinte este passa para os filhos, consoante os regulamentos.

3 - Os CARROS ALEGÓRICOS do cortejo são criados e produzidos por empresas torrenses e não de fora do concelhos, estes são mantidos no mais alto sigilo até ao dia do desfile de sábado à noite.

3.1 - Os carros são SEMPRE sátiras da sociedade.


Agradecia que me respondesse à seguinte questão:

1 - O senhor sabe daquilo que fala ?
2 - O senhor já alguma vez esteve no Carnaval de Torres Vedras ?
3- Porque criticar o Carnaval de Torres edição de 2009, visto que esta ainda nem sequer foi realizada ?
4- Têm alguma coisa contra os torrenses ou mais propriamente contra o povo PORTUGUÊS ?
5- Segundo o que me dá a entender o Sr. é brasileiro, tem alguma coisa contra os PORTUGUESES ?


Vou-lhe deixar uma afirmação para refelectir e comentar:

" Carnaval do Rio, foram distribuídos mais de 1 000 000 ( um milhão ) de preservativos para a prevenção das DST (Doenças sexualmente transmissíveis )" " Foram requisitadas forças policiais a todo o país para a grande operação RIO 2008, o ratio de policias é de 1 para 20 pessoas"

in Diário de Noticias 2008

Carnaval de Torres Vedras:

6ª/Sábado e Domingo (Noite + Dia)

São requisitados 50 agentes PSP (Policia de Segurança Publica )

2ª Feira (NOITE)

Por precaução e requisitado um grupo de 12 elementos da policia de intervenção) - SÓ NA 2ª FEIRA DE CARNAVAL .

by Fontes Locais

Sr. Edmund reflita sobre o que lhe escrevi aqui. e Comente aquilo que aqui deixei.

Para concluir, não se esqueça de uma coisa, está a escrever para uma pessoa que têm 2 portefólios com 1500 páginas cada a falar sobre o Carnaval em Geral e um inteiro só sobre o carnaval de Torres Vedras, para a minha tese de mestrado e doutoramento, ambos com 19,3 valores de classificação.

Hà e já me ia esquecendo, a nova sede dos ministros e matrafonas não foi construída por dinheiros públicos mas sim com os da associação amigos de torres, visto que foram estes que cederam o espaço. E mais também é verdade que o Carnaval de Torres Vedras, dá sempre prejuizo na ordem dos 15 a 20 %, mas em contrário o comercio Torrenses lucra na ordem dos 120 a 140 %.

Agora deixo-o reflectir-ser sobre o assunto.


Cordialmente,

Anónonimo Torrense

P.S. - Não tenho nada contra os Povos de Outros Mundos

P.S. 2 - E sou um torrenses que nem sequer gosta muito de brincar ao carnaval .

Kate said...
This comment has been removed by the author.
Kate said...

Olá Edmund,

Tenho a dizer que me diverti imenso a ler os comentários... Sou torreense e gosto do Carnaval de Torres (mas não sou fanática) :)
Não sei se já visitou TVedras nesta época de que se fala por aqui, acho que o que gosta mesmo é de irritar quem passa o ano inteiro à espera que chegue o próximo Carnaval, e fá-lo com muito sucesso... :))
Eu achei muita piada à grande maioria das suas respostas (problemas de joanetes é coisa séria!!) :) :D

Uma coisa que também me complica com o "sistema nervoso" são as 'calinadas' no português... tão mal que se escreve por aí... enfim...

Parabéns pelo bom humor, que faz falta a muita gente mesmo em tempos de Carnaval!

Kate said...
This comment has been removed by the author.
Edmund said...

Caro Daniel, não me leve a mal, mas esse repositório extremamente bem copiado... perdão, bem escrito, já teve resposta neste local. Portanto, vou «paçar» ao comentário seguinte. :)

Edmund said...

Caríssima Kate,
Finalmente alguém que me descobriu a careca!

Eu gosto mesmo é de irritar! O que é uma mania, devo dizer, que me irrita bastante. Quase tanto como escrever mal em português.

Viva o carnaval!
Viva Torres Vedras!
Viva o barracão do carnaval de Torres Vedras que levantou voo e se espatifou todo aos bocadinhos!

Anonymous said...

opah, em vez de falares mal do carnaval de torres vedras... vai lá e DIVERTE-TE! Aquilo é BRUTALLL! por isso qd for carnaval , deixa de escrever estas coisinhas em frente ao pc e vai ate TORRES VEDRAS!

Edmund said...

Caro anónimo,

'brigadinha, mas não. Isto aqui em frente ao PC já é um arraial jeitoso!

Anonymous said...

Olha oh xenófobo, primeiro o Carnaval em Torres Vedras é uma das coisas mais porreiras que lá se dá durante o ano e por consequente é uma altura em que a maior parte das pessoas anda feliz! a culpa nao é de ninguem caso vivas no teu mundo de infelicidade e te reduzas unica e exclusivamente a ele! se calhar se fosses ao carnaval de torres e partilhasses o mesmo espirito de quem lá está talvez percebesses que a essência da vida é ser feliz, por pouco tempo que seja, mas ao menos todos naqueles dias são o mais feliz possível!
Um dia has-de olhar para trás e contar os momentos de felicidade que tiveste, e garanto-te que todos os que te podes recordar não são mais de certo do que UM ÚNICO carnaval de Torres!
Por isso antes de dizeres mal do Carnaval que "nos" pertence, tenta também ter respeito pelas outras pessoas, porque caso existam algumas pessoas de cultura brasileira que possam ter agido mal não quer dizer que todos sejam assim!
Reduz-te à tua insignificância enquanto não souberes respeitar os outros!

Cumprimentos

Edmund said...

Caro anónimo:

- obrigado pelos cumprimentos, que devolvo com graciosidade.

- toda a xenofobia que eu tenho é, deixa ver... contra a raça humana

- sou tão brasileiro como o Cristiano Ronaldo

- ainda bem que as pessoas «andam feliz» e que isso seja «por consequente» do carnaval de Torres Vedras. Bem-haja quem o faz, que é para isso que ele serve

- peço desculpa, mas esse parágrafo do «UM ÚNICO» está tão mal escrito que não se percebe

- a minha insignificância já é extremamente reduzida, felizmente um bocadinho menos graças ao seu comentário. Com todo o respeito

Kate said...

Sem piedade!! :)

Aproveito para deixar 1 dica para os mais necessitados:

"Curso de Português para estrangeiros" (e não só)
Consultem:
http://www2.fcsh.unl.pt/clcp/

Existem outras opções... é só fazer 1 pesquisa!

"Comprimentos" :D :D :D

Anonymous said...

Já agora sabes com quantos ...de 2 metros com vidros já levaste ?
Não sabes ?
Começa a ler o teu blog do inicio e conta-os .
Devem ser muitos .
Abrange meu...abrange .

Pedro Nave said...

Se quer ser parvo como refere, ao menos que não se sustente em falácias:



1) O que há de brasileiro no Carnaval de Torres Vedras é a música - se quiser fazer algum paralelismo com Torres Vedras e "Brasil" terá de especificar concretamente o quê, caso contrário apenas estará a fazer generalizações vagas baseadas em premissas falsas, uma vez que o único artefacto verdadeiro sobre essa relação, do meu conhecimento, foi a que mencionei anteriormente.

2) O Carnaval de Torres Vedras dinamiza a economia local. Pode consultar as contas da CMTV. Se não concorda com a aplicação do dinheiro dos nossos impostos nele, terá de indicar, concretamente, alguma aplicação substituta que possa gerar as receitas para a CMTV que o Carnaval gera e que permitem que a CMTV possa ter mais dinheiro. Todas as suas afirmações de desperdício de dinheiro são falsas, pois o Carnaval gera dinheiro.

3) São alguns dias de descompressão. Procure ler alguns estudos publicados sobre esta matéria, o relacionamento dos Seres Humanos com as épocas festivas e a sua importância. Se acha que este género de festas, em particular o Carnaval, são balões de oxigénios vãos, faça um estudo e demonstre a sua teoria. Caso contrário, nunca poderá ser levado a sério uma vez que a generalidade dos estudos nesta matéria revelam o contrário.

Estes pontos são importantes, porque qualquer coisa que diga neste domínio estará contruído sobre o domínio do Falso. Você faz afirmações sumárias de que é prejudícial para a economia (o dinheiro devia ser aplicado doutra forma), de que tem origens brasileiras e costumes (só tem um, se encontrar mais tem de o demonstrar) e que as pessoas fazem mal, no fundo, em darem tanta importância a uns meros dias quando as coisas estão "tristes", devia ser substituido por trabalho comunitário. Quero que perceba que as suas afirmações se baseiam em conceitos falsos. Se não o são, precisa de o demonstrar.

O resto, bem o resto deal with it. Também não gosto muito do Carnaval. Mas é um evento. Eles lá que façam a festa.

Edmund said...

Exmo Sr Pedro Nave

1) Veja lá isso, confira as suas fontes. Há por aí uma maltinha irada que jura a pés juntos que não há nada de brasileiro no carnaval de torres vedras.

2) Gera dinheiro que é usado por quem e para quê? Os impostos que o senhor paga também geram dinheiro, mas vive melhor por causa disso?

3) Acho que pode estar descansado porque eu nunca pretendi ser levado a sério. Se acha que sim, «you missed the whole point».

É óptimo basear-me em conceitos falsos, não acha? Isto é o país onde o primeiro-ministro tem uma licenciatura falsa, não é? Quer atirar a primeira pedra?

Eles com certeza farão a festa. E será grandiosa e uma grande diversão. Pelo menos assim espero, porque parece-me ser o objectivo primeiro e único desse carnaval. A minha festa faço-a aqui, porque isto diverte-me. Muito.

Cumprimentos e obrigado pela elevação do seu comentário.

Anonymous said...

Fica em casa a contar azulejos, é o melhor que fazes. Com tanta ignorância, ninguém deve com certeza gostar de brincar ao Carnaval contigo.

sam said...

edmund tu e que es estupido quem n gosta nao come, percebeste, mas agora nao venhas criticar os outrs carnavais.Olha bem para ti e depois critica os outros......º|º

sam said...

edmund este carnaval nao e esupido, se calhar tu e que es.
Agora nao venhas criticar os outros sem primeiro olhar para ti.
Acho que deves ter percebido a mensagem o paspanho de merda. º|º

Edmund said...

Exmo. Sr. Anónimo,

Olhe que a ignorância gosta de brincar ao carnaval. Olhe à volta e confirme.

Edmund said...

Exmo. Sr. Sam.

- Já olhei para mim, e no entanto continuo a criticar os outros. O que é que falhou?

- De facto não percebi nem a primeira, nem a segunda, porque o Exmo. Sr. tem um domínio miserável da Língua Portuguesa.

SamyOli said...

Acho piada k uma vez k já n tens argumentos nenhuns para dizer o ker k seja, vens tentar sair por cima troçando dos erros ortográficos das pessoas k aki comentam.
Olha pra mim, eu escrevo com k's e abreviaturas na net, k incorrecto da minha parte!
Dás-me pena, a sério...

Edmund said...

Exmo. Sr. SammyOí-ó-ai:

- primeiro, troçar dos erros ortográficos dos outros é muito divertido. Há quem ache triste, porque revela bastante sobre a literacia dos torreenses, porém.

- nunca tentei dar-lhe o que quer que seja. Só se for uma aziazita. Nem nunca tentei ter argumentos, isso é coisa para a malta que escreve novelas para a TVI.

- está a dar luta. Vá. Daqui a um ou dois comentários já desce o nível.

Anonymous said...

Senhor Edmund... estive atentamente a ler os seus comentarios sobre o carnaval de torres vedras... acho de uma ignorancia tremenda o que escreve para aqui!! pode ter muitos problemas mas nao lhe da razao para faltar ao respeito a outras pessoas! Sou torreense e é assim meu amigo, nao gosta do carnaval?
opah temos pena... so faz falta quem esta... e acredite que ninguem dara pela sua falta!!

se fosse uma pessoa decente (que não é...) não escreveria tamanhas atrocidades!!!

Anonymous said...

o que eu lamento ter encontrado este bolg só agora ehehe lololol amigo Edmund és o máximo adorei os comentários ... continua .. abraço..
Fã numero 1

Anonymous said...

É lamentável tudo o que disse, venha a torres uma noite de Carnaval, venha a torres assistir ao corso, venha a torres agora e verá o espírito que já se sente. O Carnaval de torres não se compara em nada ao do Brasil, não há qualquer semelhança. Lamento também que fale assim sem nunca ter respirado Carnaval de torres, só percebe o que é o CARNAVAL DE TORRES VEDRAS quem sente e vive ao máximo ao 5 dias. Não vale a pena explicar, a sua opinião é apenas a sua simples opinião. Quanto ao nosso presidente, tenho a dizer-lhe que por mais que ele cometa erros, graças a Deus sabe o que todos sentem em relação ao nosso Carnaval e é tão ou mais folião que eu!
Dispenso qualquer tipo de resposta sua, porque não tenciono alimentar discussão.

Anonymous said...

Com é possível que só Edmund sabe escrever Português?
Parabéns Edmund, porque essa é uma escrita verdadeiramente apaixonante - e hilariante (RBD)*.
Edmund, você consegue dar a volta a todos com uma classe...... e dá-lhes a volta de tal maneira! Considero mesmo vir a marcar esta página para ler mais vezes!



* Rir a bandeiras despregadas

Ass: Mulher com o estômago a doer de tanto rir : )

Para o improvável caso de alguém querer saber as coisas parvas que por aqui se dizem...

Coisas que se dizem assim por aí...

Free Hit Counter
Office Max Coupons