Este blog faz mal à saúde. Se conhece alguém com influência ou com um martelo de orelhas, mande fechar este blog. Não se admite tamanho atentado à integridade intelectual dos cidadãos. E à integridade física dos llamas chilenos. Nem que José Carlos Malato faça tanta cura de emagrecimento e apareça todo nú em festas gay mais gordo ainda. E não se admite que não haja quem arranje uma cadeira mais larga para o João Gobern se sentar

Wednesday, January 14, 2009

O carnaval de Ovar é tão estúpido quanto o de Torres Vedras

Vou enviar uma missiva ao Presidente da República a lembrá-lo daquele velho projecto que ele teve em tempos de acabar com o feriado do carnaval... era um primeiro passo para aumentar a produtividade nacional e resolver a crise...

Em Ovar há um carnaval que é praticamente tão mau como todos os outros, se não for pior ainda. O evento deste ano é identificado como «a mais louca e criativa festa popular do país», negligenciando claramente a superior categoria de outras festas de carácter popular que se realizam em Portugal, como as marchas de Lisboa ou o desfile dos pais natais no Porto. Ou mesmo a inauguração da árvore de natal do parque Eduardo VII.

O carnaval de Ovar pauta-se por ter a mesma qualidade dos outros carnavais espalhados pelo país. Ou seja, é estúpido. Pelo simples motivo de que se chama carnaval, já se qualifica directamente para a categoria «estupidez», sendo claramente um dos candidatos ao galardão de «mais estúpido de todos». Na frase de lançamento das festividades, a organização do carnaval ovário diz «sabemos que está farto de ouvir falar na crise, por isso, deixe-se envolver pela folia e levar pela loucura. Em Ovar, tome a Vitamina da Alegria® e embarque nesta viagem onde (quase) tudo é permitido». Fantástico, não é? Não só os ovários descobriram o remédio para a crise, como registaram a marca desse remédio e passaram a concorrer directamente com qualquer laboratório farmacêutico desse mundo fora. Até imagino a delegação de Ovar a fazer-se representar num congresso de medicina em Boston: «nós inventámos uma vitamina que dá alegria, faz-nos fazer coisas parvas durante uns dias e esquecer que não temos dinheiro para mandar arranjar os dentes às crianças». E depois um médico pergunta: «então e depois de passar o efeito da vitamina? Tomam mais?» Não. É um exclusivo dos dias do carnaval. Depois não vale tomar. É batota. Depois passa o efeito alucinogénio e toda a gente se lembra que vive apertado, com as meias rotas e os sapatos descascados.

A melhor sugestão dos ovários para este carnaval é que esqueçamos a crise. Pois para esquecer a crise, parece-me um princípio importante... fazer com que ela não exista. Os rios de dinheiro que se gastam num carnaval podiam servir, por exemplo, para construir um telheiro novo na escola primária, abrir dois novos postos de saúde, fazer uma morgue decente na paróquia e, quem sabe, comprar um BMW 740i ao presidente da câmara, que está farto de andar de Audi.

Se toda a gente que trabalha no carnaval de Ovar trabalhasse a sério nos seus empregos, a única crise que haveria era de asma.

Para mim, o carnaval deixava-se sossegadinho lá no Brasil, na terra dele. Ou então voltávamos àquilo que antigamente se considerava «carnaval» em Portugal: um bando de gente a atirar trampa às fuças uns dos outros. Isso sim, parece-me um bom motivo para montar um arraial.
o

10 comments:

Anonymous said...

Olá, sou brasiliera e gosatria de vc pode me ajudar a encontrar meus parentes de Ovar, sobrenome coentro.
obrigada

Edmund said...

Olá, Vanessa brasileira sobrenome coentro. Não conheço ninguém em Ovar. Nem coentro. Na verdade, eu nunca fui a Ovar. Nem sei onde fica Ovar. Nem coentro. Nem Brasil. Mas sei fazer uns pezinhos de coentrada, serve?

Catarina Faria said...

Pois eu sei onde fica Ovar... fica no distrito de Aveiro. Senhor Edmund eu já vi o carnaval de Ovar e até gostei de ver tantos ovários :) Vanessa não conheço os coentros de Ovar, mas garanto-te que em quase todo o país és capaz de arranjar uns de qualidade. Olha ali no "Continente" tem uns muito bons... eu costumo ir lá!

Wild Cat

Edmund said...

Eu não sei onde é o distrito de Aveiro. Eu, Aveiro, só conheço o Cris...

Anonymous said...

Ó Edmundo, deves ter tido uma infância dificil, e certamente foi que isso te deixou essa mona no estado deplorável que tu apresentas ter.
De qualquer forma, felicidades, e diverte-te a ver as árvores de natal gigantes, que é sempre um bom programa para quem não gosta de carnaval, ou melhor, para quem não sabe onde é o distrito de Aveiro.
Quanto à Vanessa, é mt gira, e eu também entro :)

Edmund said...

Tive uma infância difícil, é verdade... na Papua Nova Guiné não há muito para fazer, de maneira que aos 7 anos já andava a fazer motocross e aos 11 entrei na primeira corrida de automóveis. Aos 12 entrei no projecto olímpico na modalidade de tiro com arco, aos 13 casei pela terceira vez, aos 14 fui para o curso de cosmonautas russos e aos 15 fiz uma tourné mundial com uma banda rock. A única coisa verdadeiramente interessante que havia para fazer nesta infância miserável era quando ia para a rua ao entardecer dar com árvores de natal gigantes nas fuças de todos os idiotas mascarados que passavam...

E tu, anónimo? Tiveste uma infância assim tão feliz em Aveiro que nem sequer nome te deram?

Anonymous said...

morreu meu... falas de coisas que nem sabes....
Realmente deves ter tido uma infancia deploravel...

Edmund said...

Foi sim... deplorável. Passei três meses em órbita no programa espacial da Papua Nova Guiné, qualquer um ficaria traumatizado...

...mas o pior foi o estágio de seis meses que fiz com a equipa dos Los Angeles Lakers quando tinha 12 anos... tinha que ir treinar todos os dias, era uma seca...

Mas pronto, pelo menos aprendi a falar de coisas que não sei e nisso, pelo menos nisso, sou o melhor do mundo a seguir ao Mourinho

Filipe Nogueira said...

Este Edmund tem a mania que tem piada. Quem te disse isso enganou-te bem.

Anonymous said...

Vanessa conheci em tempos um Sr. que era director do jornal noticias de Ovar que já faleceu o Ilustre António Coentro de Pinho será que tem alguma ligação? atualmente existe uma rua em Ovar com o seu nome.

Para o improvável caso de alguém querer saber as coisas parvas que por aqui se dizem...

Coisas que se dizem assim por aí...

Free Hit Counter
Office Max Coupons